Posts Tagged 'Domus Academy'

Same Old Chic Fashion Colloquia Milano

The Fashion Colloquia is a gather made up of four fashion institutions, connected for the fact that they are located where the big Fashion Weeks’ across the globe happen. In synchrony with the Fashion weeks’ the first colloquia was held in London, last September, by the London College of Fashion. This February Domus Academy, in Milano, hosted the event, also as part of the institution’s 30th anniversary.

I had the opportunity to participate, and listen carefully to what the rich variety of contributions from a broad selection of people – from academia, media and practice had to say. The morning section was by far the most interesting one, in my opinion. With the theme “Time vs Creativity – Costraints or stimuli?” and “Fashion weeks and calendars, a system to be re-thought?” the round table was moderated by Barbara Trebitsch, Director of the Fashion Design Department at Domus Academy and Antonio Mancinelli, Senior editor Marie Claire Italy. With the participation of:

Antonella Antonelli, Director Marie Claire Italy

Mario Boselli, President Camera Nazionale della Moda Italiana

Ennio Capasa, Creative Director of Costume National

Frances Corner, Head of College, London College of Fashion, University of the Arts London

Riccardo Grassi, Riccardo Grassi Showroom

Sara Maino, Senior Fashion Editor Vogue

Maurizio Modica e Pierfrancesco Gigliotti, Creative Director of Frankie Morello

Raffaello Napoleone, CEO Pitti Immagine.

The most fervent debate was regarding the Milanese Fashion week calendar. Rafaello Napoleone exposed his concern with the Italian fashion week saying that each Fashion week has its own identiy: “Italy represents the best of manufacturing, on the other hand it has a lack of international designers presenting here, the international platforms are Paris and London”.

It seems that while London and Paris are booming with new talents Milan is staying behind. Could this all be a matter of interest? While the French Fashion Chamber, Fédération Française de la Couture du Prêt-à-Porter des Couturiers and Créateurs de Mode, is a governmental institution, the Italian Fashion Chamber, Camera Nazionale della Moda Italiana, is a private company.

The new talents are pushed back to the last day of the Milano FW, when most people already left the city. Sara Maino was emphatic when expressing her opinion “Milan Fashion week is boring and it’s old”.  An almost unanimous point of view: something has to change!

The next Fashion Colloquia is schedule to be held in Paris in September 2012 at the Institut de la Mode and finally New York, with Parsons, The New School of Design, in February 2013. 

O Fashion Colloquia é conjunto de debates entre quatro instituições de moda, que estão ligadas ao fato de que estão localizadas onde as grandes semanas de moda mundial acontecem. Em sincronia com as semanas de moda o primeiro encontro foi realizada em Londres, em setembro passado, no London College of Fashion. Em fevereiro Domus Academy, em Milão, sediou o evento, também como parte do 30 º aniversário da instituição.

Eu tive a oportunidade de participar desse encontro, e escutar atentamente uma ampla seleção de pessoas – academicos, mídia e profissionais, tinham a dizer. A sessão da manhã foi de longe a mais interessante, na minha opinião. Com os temas “Criatividade vs Tempo- Constringe ou estímula?” e  “Calendários da semanas de monda, um sistema para ser re-pensamento” a mesa redonda foi moderada por Barbara Trebitsch, Directora do Departamento de Design de Moda da Domus Academy e Mancinelli Antonio, editor sênior Marie Claire Itália. Com a participação de:

Antonella Antonelli, diretora Marie Claire Italia

Mario Boselli, Presidente da câmara Nazionale della Moda Italiana

Ennio Capasa, Director Criativo da Costume Nacional

Frances Canto, Diretor do London College of Fashion, University of The Arts London

Riccardo Grassi, do Riccardo Grassi Showroom

Sara Maino, Editora de Moda Sênior da Vogue Italia

Maurizio Modica e Pierfrancesco Gigliotti, Directores Criativos da Frankie Morello

Raffaello Napoleone, CEO Pitti Immagine.

O debate mais fervoroso foi em relação ao calendário de semana de moda milanesa. Rafaello Napoleone expôs sua preocupação dizendo que cada Semana de Moda tem o sua identidade própria: “A Itália representa o melhor da produção, por outro lado tem uma falta de designers internacionais se apresentando aqui, as plataformas internacionais são Paris e Londres”.

Parece que enquando Londres e Paris estão crescendo com novos talentos Milão está ficando para trás. Poderia tudo isso ser uma questão de interesse? Enquanto a Câmara da Moda Francesa, Fédération Française de la Couture du Prêt-à-Porter des Couturiers and Créateurs de Mode, é uma instituição governamental, a Câmara de Moda Italiana, Camera Nazionale della Moda Italiana, é uma empresa privada.

Os novos talentos são empurradas para o último dia do FW Milano, quando a maioria das pessoas já deixaram a cidade. Sara Maino foi enfática ao expressar sua opinião “Milan Fashion Week é chato e é velho.” Um ponto de vista quase unânime: algo tem que mudar!

O próximo Fashion Colloquia está agendado para acontecer em Paris em setembro de 2012 no Institut de la Mode e depois em New York, na Parsons, The New School of Design, em fevereiro de 2013.

Same Old Chic Brand Hunter Presentation

I guess if you read the previous post you are curious to see the winner presentation?! You can download it here. I hope you like it!

Eu acho que se você leu o post anterior você ficou curiosa para ver a apresentação vencedora?!  Vocês podem fazer o download aqui. Espero que gostem!

Same Old Chic Domus Academy, Vogue It & Me

When the opportunity arose, indicated by my friend Cataclisma Material, she is always with her antennas connected, to participate of the Hunter Brand Competition, dedicated to the Vogue.it readers, whose prize was a scholarship to do a Masters in Fashion Management, in the prestigious Domus Academy in Milan, the question was: how to meet the competition’s proposal and choose a brand with strong presence in my home country, but at that was at the same a rare jewel. The initial idea of making the presentation about a clothes brand was quickly fading away, and taking a very different path. In a moment of inspiration I thought of my mother and her Fine Costume Jewelry shop, Balangandãs, a case of success that for four years has been growing and becoming an icon of good taste, the projection of Liége Zanoelo’s personal taste. The choice to do my project based on Marré Infinito was mainly because a brand has the so called “Brasilidade”, using Brazilian stones in their pieces, also being an established brand in the domestic market, and open to opportunities abroad, and to be in tune and give the due importance to communication strategies, especially over the internet. It is what it is, the presentation was beautiful, with the approval of “Balangandenta” Liége. The result of competition was announced last week, and I was the winner of the first prize, and I will be in Milan in January to learn a lot and embrace all the good things this year will bring! I am already reaping what I sowed, the result of the award was also announced in style on the website of Italian Vogue!

Quando surgiu a oportunidade, indicada pela amiga do Cataclima Material, que está sempre com a antena ligada, de participar do concurso Brand Hunter, dedicada aos leitores da Vogue.it, cujo o prêmio era uma bolsa de estudos para fazer um mestrado em Gestão de Moda, na conceituada Domus Academy em Milão, a dúvida era como atender a proposta da competição e escolher um marca com forte presença no meu país de origem, mas que ao mesmo tempo fosse uma jóia rara #trocadilho. A ideia inicial de fazer uma apresentação sobre uma marca de roupas foi logo se esvaindo, e tomando uma forma bem diferente. Num momento de inspiração pensei na loja da minha mãe, a Balangandãs Bijuterias Finas, um caso de sucesso que há quarto anos vem crescendo e se tornando um icone de bom gosto, projeção do gosto pessoal da Liége Zanoelo. A escolha de fazer o meu projeto baseado na Marré Infinito se deu principalmente por ser uma marca com a tal chamada “Brasilidade” usando pedras brasilieras em suas peças, também por ser uma marca consolidada no mercado nacional, e aberta para oportunidades no exterior, além de estar em sintônia e dar a devida importancia para estratégias de comunicação, principalmente através da internet. Deu no que deu! A apresentação ficou linda, e com o aval da Balangandenta Liége. O resultado da competição foi anunciado na semana passada, fui a vencedora do primeiro prêmio, e estarei em Milão apartir de janeiro para aprender muito e abraçar tudo de bom que o ano vai me trazer! Os frutos já estou colhendo, o resultado do prêmio também foi anunciado em alto estilo no site da Vogue Itália!

Image/ Foto: Divulgação Marré Infinito


Follow me at Bloglovin’

bloglovin